Historinha do sítio, FAQ & tal


O sítio do fumador tem alguma linha editorial, ou assim?
Não, nenhuma. Nadinha. Ele é mais consoante as coisas vão correndo. "Um dia de cada vez", é o lema do site, é o meu lema pessoal, de resto, e quer dizer tudo (ou não quer dizer nada, fica ao critério e à consideração de cada qual).

De resto, aqui não há nem linha editorial, nem filosofia nem nada que remotamente se assemelhe a qualquer espécie de moralidade... bacoca ou sem ser bacoca; deixemos esse tipo de coisas para os militantes de causas várias, nomeadamente para os anti-tabagistas, os maníacos da saúde, os histéricos e as histéricas desse mundo em geral e desse Portugalzinho em particular. Que fiquem bem em suas inestimáveis saudinhas, de preferência bem longe, e que não venham para cá chatear a gente, isso é o que se deseja.

Também, note-se, neste sítio não se faz - de forma alguma - a apologia do tabaco ou do acto de fumar. Pelo contrário. Aqui se declara, por extenso e de forma extremamente escarrapachada, que fumar é um vício, que faz mal à saúde, que não se deve fumar, que se deve deixar de fumar, em querendo e podendo, que não se deve começar a fumar, que se não deve convidar ou incentivar ninguém, e muito menos (ou DE FORMA ALGUMA) as crianças ou menores de idade a iniciar-se neste pernicioso hábito. Perfeitamente e de espírito aberto se declara tudo isso, sem qualquer espécie de reserva mental.

Mas.

Quem aqui vier, quem estes textos ler, quem estes desenhos e pinturas, e fotografias e filmes vir, quem estas músicas ouvir, quem de alguma forma participar nos conteúdos do sítio do fumador já sabe ao que vem, o que aqui encontra e, portanto, já sabe aquilo que o ou a espera. Assim sendo, depois não diga que não sabia, que veio ao engano ou que, de alguma forma, este site contém algo de menos "recomendável". Fumar ainda não é crime. Ainda não é exactamente proibido falar, escrever e mostrar coisas sobre o fumo.

No fundo, no fundo, isto aqui é como aquela aldeia gaulesa cercada de campos romanos fortificados por todos os lados, na Gália ocupada. Nós somos os últimos irredutíveis gauleses, fazemos as nossas patuscadas ao luar, adoramos dar porrada nos imbecis dos romanos e protegemos o nosso modo de vida (e o caldeirão da poção mágica, não esquecer) do temível imperador César, esse idiota de nariz adunco e péssimo feitio.

Como surgiu o mapa do fumador?
Inicialmente, uma ideia conduziu a outra... completamente diferente: o blog Arrastão manifestou, em Dezembro de 2007, imediatamente antes da entrada em vigor da "lei do tabaco", a intenção de criar um "roteiro do fumador".
Como na altura estava a trabalhar com os Google Maps, lembrei-me de criar um mapa exclusivamente para o efeito, uma ferramenta interactiva que servisse para que os fumadores pudessem saber onde ir, como lá chegar, o que existe nas imediações, etc.

E então quem é que faz aqui estas coisas assim tan lindas? Deve dar imenso cacau, um boteco destes, hem, ó bacano?
Bem, quem faz isto sou eu mesmo, nas horas vagas. Estas e as do Apdeites, não desfazendo, mais umas quantas coisinhas, aqui e além. Ganda maluco, por conseguinte. E sim, é verdade, o que vale é a pipa de massa que isto rende em publicidade e em donativos. Até já deu para comprar um jipe topo-de-gama e uma mansão jeitosa em pleno Boulevard Montmartre, com a agradável vizinhança da Ornella Mutti, essa conhecidíssima intelectual. Aliás, o interesse aqui no sítio do fumador tem sido de tal maneira frenético, e a concorrência entre patrocinadores tão feroz, que até já tenho patrocínio para a cervejola (puseram-me aqui um tira-finos inteiramente de borla) e não pago um tusto pelo SG Filtro, por mais que fume; também a Smintair me paga os voos Lisboa-Paris e Paris-Lisboa, com as mordomias todas a bordo, e nem posso dizer quais mordomias, chiça, ui ui. Em suma: estou muito satisfeito com tudo, o tempo, o trabalho, o dinheiro, o mau feitio que em boa hora investi nesta coisada (ver nota sobre a riscalhada, lá em baixo).

Publicidade, porquê?
1. Porque o domínio e o alojamento www.cedilha.net são pagos.
2. Porque produzir e manter um site implica inúmeras despesas.
3. Porque, se não houvesse publicidade nas páginas, isso não aproveitaria a ninguém.
4. Porque não existe qualquer prejuízo, invasão de privacidade ou incómodo para o utilizador.
5. E porque não?

Como se processam os dados do mapa e da lista?
As proveniências são diversas e, de preferência, são confirmadas e filtradas segundo critérios que lhes confiram um mínimo de credibilidade; essas informações podem chegar por e-mail, através de blogs diversos ou de sites especializados em turismo e gastronomia, ou ainda através do fórum e mesmo por informações pessoais ou aquelas que chegam pela imprensa. Sempre que possível, a origem da informação é referida nos próprios dados.

Os locais (estabelecimentos) poderão ser apagados (dos mapas e da lista) se for recebida uma informação (também credível) que anule uma situação anteriormente indicada, isto é, se se verificar que não são, nunca foram ou deixaram de ser ou de ter espaço para fumadores.

Os mapas são actualizados sistematicamente (a cada novo registo), a lista periodicamente (a cada 10 ou 20 alterações).


Todos os direitos reservados, porquê?
1. Porque a concepção, a execução e a manutenção do site deram e dão muito trabalho.
2. Porque a recolha, manutenção e gestão de dados dos mapas e da lista geral... idem.
3. Porque qualquer pessoa tem todo o direito a não permitir que alguém se aproprie do trabalho alheio.
4. Porque me chateia mortalmente trabalhar para parasitas - os esporádicos e os do costume.



Nota sobre a riscalhada, ali em cima: uma alminha caridosa recomendou-me vivamente que apagasse aquelas tretas do dinheirame que isto dá; e a recomendação veio pelos seguintes e mui racionais motivos: é que a estupidez não tem limites, como sabemos, portanto, à cautela, não vá alguma fiscal de finanças, por exemplo, estar por aí à espreita, que o melhor era apagar a coisa. Bem. Não apaguei, mas risquei; presumo que, ao menos assim, qualquer hipotético zeloso funcionário do Estado que aqui meta o bedelho há-de por força entender que aquilo era a brincar. Hã, ó xô agente: entendeu? Aquelas coisinhas ali riscadas, da Ornella Mutti e do jipe, e tal, hem, bem entendido, é tudo reinação; esta merda não dá porra nenhuma a não ser despesa e ralações, xôr agente. Sim, ralações, xôr agente, com "a", ok? Pronto. Vá lá então à sua vidinha.








Link ao Mapa do Fumador









- desenho original da autoria de Fernando Campos




Sítio do Fumador
- "badge" utilizado pelo blog Denúncia Coimbrã




Sítio do Fumador
- "badge" utilizado pelo blog Arrastão




Sítio do Fumador
- badge utilizado pelo blog Discurso Directo




Os diversos mapas deste site estão protegidos por direitos de autor. Proibida a cópia ou reprodução.
A utilização fraudulenta destes mapas, através de "iframe" ou de qualquer outra técnica, em endereços fora do domínio www.cedilha.net, implicará o seu apagamento imediato e eventual procedimento judicial em conformidade.


Créditos: Google Maps, My Maps Plus, Map Channels, blog Arrastão, wallpapers.jurko.net, criarweb.com, barelyfitz.com, kryogenix.org, Lifecooler, winfolinx.com/, dynamicdrive.com, The Javascript Source.

© João Pedro Graça, www.cedilha.net, 2008.

click para voltar à entrada